Acessibilidade
A+
A-
Contraste
Retornar acessibilidade

EXEMPLO A SER SEGUIDO


Publicado em: 07/04/2017 12:21 | Fonte/Agência: AICOM | Autor: AICOM

 

 

   EXEMPLO A SER SEGUIDO

          O melhor combustível para nos entusiasmar e nos incentivar a seguir em frente, é vê nossas ideias assimiladas e reforçadas como iniciativa que beneficia as pessoas. É o exemplo que se quer destacar para ilustrar a atitude do empresário Amarildo, dono do Posto Minuano que não só recebeu de bom grado a iniciativa de plantar grama na BR 364, mas resolveu fazer a sua parte dando um toque pessoal plantando palmeiras e fazendo canteiros.

               Todos sabem que a rodovia federal que corta nosso Município é de responsabilidade do DENIT, cabendo ao Órgão federal a manutenção da mesma. Porém seu aspecto visual é de interesse de todos. Quando está feio, com o matagal crescendo e muito lixo, todo mundo critica e com razão, pois ninguém gosta de pagar impostos e se deparar com o abandono. Sem falar da péssima imagem que os que a utiliza faz da nossa cidade. Quem passa e vê o desleixo já faz uma má ideia de quem mora aqui.

                Foi para mudar essa situação que a Prefeita Juliana Roque convidou o deputado estadual Cleiton Roque a visitar o Dr. Nilson, chefe regional do DENIT, pedindo seu empenho para mudar radicalmente esse triste quadro. Qual foi a surpresa de ambos ao ter sua solicitação acatada e, não só isso, receber com surpresa a boa notícia que o DENIT não  só limparia mas que iria plantar grama em toda sua extensão. Para completar, o Dr. Nilson informou que o projeto de iluminação dependia apenas de empenho da Prefeita, pois havia verba de uma emenda do deputado federal Luiz Claudio para essa finalidade. Imediatamente a Prefeita e o Deputado Cleiton mobilizaram toda sua equipe para tornar isso possível.

                A primeira etapa desse projeto está quase concluída com a plantação da grama espécie Esmeralda, formando um verdadeiro tapete verde as margens da rodovia. Mas antes mesmo de inaugurar já apareceram os problemas: O furto da mesma. Funcionários a depositam durante o dia e quando a noite chega, falta vários pedaços, é furtada por gente inescrupulosa que não quer o bem de Pimenta Bueno. Também ainda tem gente que jogam toda sorte de coisas, principalmente embalagens, depreciando todo esforço.

               Mas é uma pequena parcela da população que procede dessa maneira, por que a maioria opta pelo belo e que bom se todos fazer como seu Amarildo, não só gostou da ideia de ver tudo bonito, como também deu sua parcela de contribuição plantando um jardim.

               


Leia também